> Jornal O SERVENTUÁRIO Independente - WEB 262 - Página 3

Se você desejar diminuir ou aumentar o tamanho do texto, clique nas letrinhas acima.
E clique sobre as fotos para amplia-las.

Diz o velho deitado que "devagar se vai ao longe"...

É exatamente assim que  a COOP-JUSTIÇA - agora denominada oficialmente SICOOB-COOPJUSTIÇA - vem sendo administrada.

E, face aos resultados, pelo menos até o momento a entidade está isenta de críticas.

A Assembléia Ordinária/Extraordinária deste ano já contou com maior número de associados presentes, sendo importante ressaltar que a maioria não comparece às assembléias anuais por confiar na administração da Cooperativa e pelo fato de a maioria de seus quase cinco mil associados pertencerem à chamada "terceira idade".

No entanto, este ano recebemos pequenas queixas de associados reclamando sabem de quê ? Da falta do cafezinho e dos biscoitos que "estiveram presentes" em assembléias anteriores.

Mas tudo bem... é fazendo economia ( nos biscoitos ??? ) que a cooperativa progride...

Poucas perguntas, poucas explicações, dadas quase que individualmente.

Ex-diretores se queixando e jurando que a remuneração dos atuais comandantes está "alta, exagerada" - um deles chegou a jurar, mesmo, que alguns chegam a receber até R$ 9.000,00 mensais.

De qualquer forma, sendo isto ou não verdade, o fato concreto é que até o momento pelo menos a Coop-Justiça vem progredindo com firmeza..

Ficou, sim, um pouco mais "chata" na hora de, no balcão, negociar qualquer coisa. Sabem por quê ? Pelo fato de que, quase que sem sentir, está se transformando de fato em um BANCO - e se isto acontecer, estará perdido o espírito quase familiar e solidário que conduziu a entidade até agora.

Entendemos, no entanto, que O MAIOR OBJETIVO A SER PERSEGUIDO pela instituição é O AUMENTO DO NÚMERO DE ASSOCIADOS. Hoje a cooperativa tem menos de cinco mil associados - é pouco, muito pouco.

Outra sugestão (não se preocupem, é grátis ) é a melhoria do site da entidade, com maior INTERATIVIDADE e atualizações mais frequentes. Hoje o site da cooperativa serve apenas como trampolim para acessar a conta-corrente no SICOOB.

Para finalizar, apelamos aos nossos leitores e leitoras eventualmente associados à Coop-Justiça para que compareçam às próximas assembléias.

Nem que seja só para apoiar e aplaudir e - quem sabe - tomar aquele cafezinho !!!