Se você desejar diminuir ou aumentar o tamanho do texto, clique nas letrinhas acima.
E clique sobre as fotos para amplia-las

Não nos lembramos de ter visto, em tempos recentes, uma guerra tão aberta - e tão suja - deflagrada pelo TJRJ contra seus próprios servidores.

Como este jornal vem afirmando em várias edições, Suas Excelências estão passando por uma fase ímpar de gula financeira à qual, agora, estão juntando a antropofagia operacional.

Além do pornográfico auxílio-moradia com retroatividade aos últimos sete anos ( que está escondidinho mas não morreu ) , Suas Excelências querem agora dominar inteiramente os cartórios com a designação - por eles - dos "chefes" de cada unidade.

Para tanto o primeiro passo já foi dado : o absurdo fim dos escrivães , que seriam substituídos pelos apaniguados de Suas Excelências, apelidados de "chefes de serventia ".

O Sind-Justiça vem fazendo todo o possível - inclusive junto a deputados na ALERJ - como você vê ampliando a primeira foto ao lado - para evitar que se consume mais este ataque na guerra do TJ contra os serventuários.

Os tais "chefes de serventia" custariam muito menos ao Tribunal e os ocupantes de tais cargos precisariam única e exclusivamente de Q I (é isto mesmo que você pensou : QUEM INDICOU - no caso, Suas Excelências ) .

Ao que parece tudo isto faz parte de uma "guerra de guerrilha" planejada e executada pela atual administração do TJ, que ao que tudo indica - não é de hoje - tem profundo ódio aos serventuários.

Suas Excelências ressentem-se, ainda, das manifestações da Categoria dos Serventuários contra o excesso de mordomias e benesses de que desfrutam além, é claro, dos salários "engordados" por meio de mil e um artifícios .

Por isto - no fundo a realidade é esta - querem mesmo é mostrar "quem é que manda nesta birosca"...

Revoltam-se, inclusive, os "magistrados" ( os Magistrados não pensam assim) com o fato de que existe até mesmo uma organização que promove abaixo-assinado a ser enviado à ALERJ com a intenção de impedir a eventual aprovação do projeto de auxílio moradia até retroativo para quem realmente NÃO PRECISA DISTO por ganhar magníficamente bem ( quer conferir ? CLIQUE AQUI )

Nesta guerra deflagrada pelo TJ contra seus servidores o Sind-Justiça, por seus coordenadores, tem feito o possível para evitar as radicalizações de outrora ( quer conferir ? CLIQUE AQUI  e AQUI ) porém tomando as providências necessárias para lutar contra os absurdos e as injustiças.

Está pertíssimo o momento em que não somente o sindicato mas principalmente A PRÓPRIA CATEGORIA terá que firmar posição quanto aos sucessivos disparos que o Tribunal vem fazendo contra os serventuários.

Se não houver REAÇÃO AGORA, bye bye...

Podem os serventuários dar adeus a todas as suas presentes e futuras pretensões.

Portanto, não banquemos os "burros" !...

VAMOS AGIR JÁ, pois "depois" poderá ser tarde demais !!!